X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Sim, é um ônibus, mas...

Por Antonio Ferro dia em Notícias

Sim, é um ônibus, mas...
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Ao todo 14 unidades do ExquiCity ligarão o aeroporto de Bruxelas ao centro de exposição da cidade em via exclusiva com extensão de 16 quilômetros, disponibilizando conforto e velocidade

O ônibus do futuro para nós, brasileiros, já é realidade para os europeus. Veja o caso do sistema belga de transporte coletivo RingTrambus, da capital Bruxelas, um exemplo em como oferecer uma mobilidade coletiva com alto grau de eficiência. Combinando a flexibilidade de um ônibus com um visual dos modernos tranways (bondes), o serviço belga utilizará, a partir do próximo mês de setembro, veículos de última geração produzidos pela fabricante Van Hool, marca referência no desenvolvimento de modelos com grande apelo estético e sustentáveis para o transporte público urbano.

Sim, é um ônibus, mas...

Visual moderno e arrojado

Ao todo 14 unidades do ExquiCity ligarão o aeroporto de Bruxelas ao centro de exposição da cidade em via exclusiva com extensão de 16 quilômetros, disponibilizando conforto e velocidade. Sim, é um ônibus, mas tem um conceito visual bem diferente da tradicional versão utilizada em muitos casos. O ExquiCity biarticulado tem uma dimensão para ser destacada no ambiente da cidade. Com 24 metros de comprimento, pode transportar 137 passageiros em um salão elegante, com tons harmônicos. A área envidraçada é bem generosa, permitindo uma visão externa privilegiada. Suas quatro portas e o piso inteiramente baixo facilitam os embarques e desembarques.

Sim, é um ônibus, mas...

Salão de passageiros com um ambiente inovador e harmônico

A cabine do condutor é fechada, com todos os comandos de fácil alcance, tendo ainda um monitoramento do salão e das portas feito por câmeras. A tração do veículo é híbrida, composta por um propulsor a diesel da Cummins (209 kW) e dois motores elétricos Siemens de 160 kW de potência cada um. Esse aspecto permitirá uma redução significativa das emissões poluentes vindas do transporte. O quarto eixo é direcional, o que facilita as suas manobras.

Para Ben Weyts, ministro de mobilidade da Bélgica, o sistema RingTrambus será atrativo para que os cidadãos deixem seus automóveis em casa e utilizem mais o transporte coletivo. “Esse será um transporte público de alta qualidade que oferecerá velocidade e conforto aos passageiros em áreas de interesse econômico e polos de empregos”, comentou.

Sim, é um ônibus, mas...

Comodidade para o motorista

A operação dos novos ônibus ficará a cargo da De Lijn, empresa governamental de transporte público, com serviços de ônibus e bondes. Marc Descheemaecker, presidente da De Lijn, ressaltou que o novo sistema é um bom exemplo de investimento para a mobilidade urbana sustentável. “Por meio da combinação das faxias exclusivas para os ônibus com a maior velocidade operação, será possível oferecer serviços confiáveis e qualificados para os passageiros”, disse o executivo.

A operadora De Lijn realiza 12 milhões de viagens por ano. Conta com oito mil funcionários, sendo dois mil prestando serviços em transportadoras privadas. A frota de ônibus é de 3.700 unidades, dividida entre a operação pública e privada.

Imagens - De Lijn

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Sim, é um ônibus, mas...

Enviando Comentário Fechar :/