X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Segmento de fretamento em recuperação

Por Antonio Ferro dia em Notícias

Segmento de fretamento em recuperação
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Confirmando sua liderança no segmento, a Mercedes informou que vendeu 25 chassis para micro-ônibus LO 916, além de duas vans Sprinter 415 CDI, para a Turis Silva Transportes

Depois de um longo período sem fazer investimentos na frota, o setor de transporte fretado mostra certa recuperação em 2018. Prova disso, pode ser vista pelas vendas da Mercedes-Benz às operadoras que fazem esse tipo de serviço. A montadora informou recentemente que comercializou, entre janeiro e outubro, 632 chassis, o que representa um crescimento de 200% em relação ao ano passado. “Essa marca supera as 212 unidades emplacadas no mesmo período de 2017. Isso demonstra que as empresas estão renovando e ampliando suas frotas a fim de atender novas demandas de fretamento contínuo, como o de transporte de funcionários, e de fretamento eventual, caso de excursões, transfers e viagens de grupos fechados”, destacou Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Confirmando sua liderança no segmento, a Mercedes informou que vendeu 25 chassis para micro-ônibus LO 916, além de duas vans Sprinter 415 CDI, para a Turis Silva Transportes, tradicional empresa de Porto Alegre, RS. A frota da  operadora gaúcha é composta por 250 veículos, com grande presença da marca Mercedes-Benz. São 105 micros LO 916 e LO 915. Dos demais 118 ônibus, a maior parte é formada por veículos com motor frontal dos modelos OF 1721 e OF 1724. “Minha ligação com a Mercedes-Benz vem de muito antes, desde 1974, quando eu trabalhava com transporte de cargas. Conheço bem a marca e confio na robustez, resistência e durabilidade dos seus chassis. Aliás, estou  experimentando agora o modelo O 500 R de ônibus rodoviário com motor traseiro, visando melhorar ainda mais o padrão de conforto que oferecemos no fretamento contínuo, que responde por 90% da nossa atividade, como também no fretamento eventual”, comentou Jaime Silva, proprietário da Turis Silva Transportes.

Em 2018, o mercado geral está mostrando certa recuperação. A montadora continua na liderança, com 6.342 ônibus emplacados até outubro deste ano, volume 32% superior ao obtido no mesmo período de 2017, quando 4.820 unidades foram registrados. “Entre os urbanos, foram emplacadas 3.986 unidades entre janeiro e outubro, o que nos dá excepcionais 81% de participação”. Nos rodoviários, são cerca de 58% de participação, com 1.645 unidades emplacadas este ano”, explicou Walter.

Imagem - Divulgação

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Segmento de fretamento em recuperação

Enviando Comentário Fechar :/