X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Ônibus a hidrogênio, sustentável em todas as frentes

Por Antonio Ferro dia em Notícias

Ônibus a hidrogênio, sustentável em todas as frentes
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Com vistas à uma nova realidade do transporte coletivo e o compromisso em promover uma mobilidade zero carbono, algumas empresas da área tecnológica das células a combustível, de produção do hidrogênio e da fabricação de ônibus se reuniram em prol de um bem comum.

O futuro do ônibus urbano está ligado com o desenvolvimento de novas tecnologias de tração para a promoção de um ambiente livre das emissões poluentes nas cidades. É o caso do veículo movido a hidrogênio, equipado com células a combustível, uma versão que é mais uma opção para a eletromobilidade e suas causas ambientais.

Porém, a tecnologia não está totalmente difundida no mercado por ainda ser cara, apesar dos avanços em seu desenvolvimento. Mas, esse fato tende a mudar, com a criação do consórcio H2Bus, uma iniciativa que reúne alguns dos principais nomes envolvidos com a produção das células a combustível e de ônibus. As empresas Everfuel, Wrightbus, Ballard Power Systems, Hexagon Composites, Nel Hydrogen e a Ryse Hydrogen, se uniram em torno de um ideal – disponibilizar 1.000 ônibus e a estrutura de abastecimento com valores competitivos no mercado europeu.

Os participantes do consórcio têm uma meta de oferecer um modelo de ônibus com a configuração de um pavimento munido da tecnologia da célula a combustível por um preço abaixo de 375 mil euros, sendo que hidrogênio deverá ter um valor entre 5 e 7 euros por quilo e o custo por quilômetro em torno de 30 centavos de euros. E o combustível será oriundo de fontes renováveis. “O ônibus elétrico equipado com células a combustível de hidrogênio é ideal para a eletromobilidade. A Wrightbus também está expandindo sua oferta de produtos para incluir um ônibus com dois pavimentos e outros modelos para atender a uma base de clientes mais ampla. Atualmente estamos testemunhando a transformação do transporte público para o benefício das gerações atuais e futuras e nos sentimos privilegiados por fazer parte dessa transição junto com os outros membros do consórcio”, destacou David Barnett, diretor de desenvolvimento de negócios da Wrightbus.

A primeira fase do projeto H2Bus terá um investimento de 40 milhões de euros, vindos da União Europeia, envolvendo a fabricação dos primeiros 200 ônibus e a implantação da infraestrutura de apoio em regiões da Dinamarca, da Letônia e do Reino Unido até 2023. “O hidrogênio é a solução para a emissão zero das operações pesadas do transporte urbano. Ele pode ser eficientemente, sendo produzido a partir de de fontes renováveis e distribuído em carretas de alta capacidade para as garagens de ônibus. Um ônibus movido com hidrogênio pode ser abastecido em cinco minutos. Isso é comparável ao diesel ”, disse Jacob Krogsgaard, CEO da Everfuel.

Imagem - ACTransit (Califórnia)

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Ônibus a hidrogênio, sustentável em todas as frentes

Enviando Comentário Fechar :/