X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Nova geração de transmissão automática

Por Antonio Ferro dia em Notícias

Nova geração de transmissão automática
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

A fabricante manteve o princípio básico do conjunto de engrenagens planetárias de seis estágios com conversor de torque e retardador primário em sua segunda geração da transmissão

O consagrado sistema de transmissão automática para ônibus desenvolvido pela ZF, Ecolife, está com uma nova versão. Segundo a marca, diversos aprimoramentos técnicos fazem com que a EcoLife 2 seja mais leve, mais eficiente, mais robusta e de manutenção mais simples. As melhorias mais significativas estão na economia de até três por cento de combustível, sistema start-stop disponível para todas as versões e um menor desgaste graças à otimização do seu sistema de arrefecimento.

A fabricante manteve o princípio básico do conjunto de engrenagens planetárias de seis estágios com conversor de torque e retardador primário em sua segunda geração da transmissão, mas diversas modificações técnicas otimizam a nova versão da transmissão Powershift, permitindo que ônibus urbanos e interurbanos se desloquem com um torque de entrada de até 2.000 Nm, resultando em suaves trocas de marchas. "Os ônibus movidos com motores de combustão interna ainda são um componente central dos sistemas de transporte público e das viagens de longa distância. Portanto, é importante contribuir para reduzir as emissões e aumentar a eficiência nessa área. O mercado demanda por altos níveis de conforto combinados a melhor desempenho e conseguimos isso com a nova EcoLife 2", observou Andreas Grossl, responsável por sistemas de eixos e transmissões de ônibus na ZF.

A empresa informa que o software de gerenciamento da transmissão não é apenas responsável pelas trocas de marchas extremamente rápidas, suaves e com maior conforto, mas também pela função "rolling mode", recurso que contribui para a economia de combustível por meio da seleção automática do neutro nas situações em que o veículo estiver trafegando com o pedal do acelerador em repouso e com nenhuma atividade dos freios. Os clientes também podem se beneficiar pelo fato de o software de transmissão poder ser calibrado para uma variedade de motores com diferentes características. Com isso, a ZF pode fornecer a EcoLife 2 exatamente de acordo com os requisitos do cliente. Desenvolvida para o mercado do transporte urbano, a nova transmissão também estará disponível para os veículos rodoviários em 2020, devendo abranger a faixa de torque entre 1.700 a 2.800 Nm.

Imagem - Divulgação

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Nova geração de transmissão automática

Enviando Comentário Fechar :/