X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Gás natural no Transmilenio

Por Antonio Ferro dia em Conexão Mobilidade

Gás natural no Transmilenio
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

“Seremos uma referência no mundo deste tipo de operação, porque será a maior frota Euro VI em operação para um sistema de BRT”

“Seremos uma referência no mundo deste tipo de operação, porque será a maior frota Euro VI em operação para um sistema de BRT”

O fornecimento de 741 ônibus articulados e biarticulados da marca Scania para a renovação do sistema colombiano Transmilenio, faz de Bogotá uma das principais cidades do mundo a utilizar o gás natural em uma frota tão expressiva, fato que potencializa seu mercado para que outras cidades possam adotar o combustível visando a redução das emissões poluentes dos serviços de ônibus urbanos. A revista AutoBus conversou com John Jairo Contreras, diretor comercial da Gas Natural Fenosa, fornecedora do combustível para o mercado local, sobre suas expectativas quanto ao maior uso comercial no transporte coletivo de alta capacidade.

Somados as 741 unidades, outros 362 ônibus movidos a gás natural da Scania já rodam em três cidades colombianas – Bogotá, Cartagena e Medellín.

Revista AutoBus - Para a empresa, qual a importância do uso do gás natural em um sistema que é referência mundial no transporte público?

John Jairo Contreras - É um trabalho muito importante desenvolvido há mais de oito anos, durante o qual temos dedicado esforços técnicos e comerciais com toda a cadeia de gás natural na Colômbia, com a Ecopetrol como produtor, a TGI, que é o transportador, e Naturgas e Guilda, revendedores. Essa parceria permitiu à academia demonstrar os benefícios ambientais, operacionais e econômicos do gás natural. Nós desenvolvemos mais de 10 testes de emissões e eficiência energética em rotas para o acompanhamento dos grupos de pesquisa mais importantes da Universidade Nacional e da Universidade dos Andes, permitindo alcançar protocolos avançados no sistema Transmilenio, expondo resultados tecnológicos e ambientais muito importantes. Um exemplo disso é que os veículos Euro VI testados emitem menor quantidade de partículas ultrafinas do que as que estão no ambiente da cidade de Bogotá, com 150.000 partículas/cm³. Os motores a gás Euro VI emitem 20.000 partículas/ cm³. Isso nos permite ter a certeza de que a cidade tomou a decisão certa com a futura operação de ônibus para gás, fato que vai reduzir as emissões de material particulado e óxido de nitrogênio, principais poluentes na capital.

Seremos uma referência no mundo deste tipo de operação, porque será a maior frota Euro VI em operação para um sistema de BRT. O desafio da infraestrutura é muito grande, mas temos certeza de que, com nossa experiência e compromisso com a cidade, ofereceremos a melhor solução para esse desafio de mobilidade sustentável. Não tem sido um caminho fácil, mas temos certeza de que, se essa tecnologia for implementada em Bogotá com as características severas do Transmilenio, ela pode ser replicada em qualquer lugar do mundo.

AutoBus - Qual é o potencial do gás natural na Colômbia?

Contreras - Na cidade de Bogotá e em nossa área de influência, atingimos a cobertura de serviço de distribuição de gás natural para o segmento residencial e comercial em mais de 93% e temos mais de 3.000.000 de clientes, incluindo indústria e veículos. Nesse último segmento, temos quase 80.000 unidades leves, principalmente de transporte público, convertidos para GNV, mas com participação muito baixa de veículos pesados. Por isso estamos trabalhando com mais dedicação, porque identificamos o potencial de crescimento significativo para a substituição esperada de veículos comerciais movidos a gás na Colômbia, permitindo vislumbrar um enorme potencial de crescimento. Identificamos cerca de 56.000 veículos ativos em nossas áreas de influência e mais um segmento do transporte nacional de cargas que faz com que o trânsito nas grandes cidades também seja sujeito a reposição. A importância da introdução do GNV no Transmilenio é que poderia gerar um efeito de promoção pelo seu desempenho e economia que pode se espalhar para outros segmentos de mobilidade. Por último, mas não menos importante, a crescente conscientização da opinião pública em geral sobre políticas e iniciativas exigentes que contribuem para melhorar a qualidade do ar, em uma das cidades que possui altos níveis de poluição na Colômbia e na América Latina, poderia gerar uma imposição tecnológica que já está disponível, testada, demonstrando eficiência e economia de energia. Por tudo isso, consideramos que o gás natural é a melhor alternativa ambiental, econômica e sustentável para este setor da economia.

AutoBus - Como é a participação da Gas Fenosa nos negócios com os operadores? Ela dará suporte para a instalação da infraestrutura para o abastecimento veicular? E a implementação da rede de gás?

Contreras - É uma oferta integral que fornecerá gás natural veicular em cada ônibus, confiando à VANTI o desenvolvimento da infraestrutura de distribuição e compressão, operação, manutenção e, claro, a segurança e a qualidade do produto. É uma implementação de um ano que, com o trabalho coordenado entre operadoras, Transmilenio, fornecedores, construção e tecnologia de compressão, vamos nos articular para ter disponibilidade operação.

Gás natural no Transmilenio

AutoBus - O fato de o Transmilenio ser um grande sistema de transporte público que utilizará o combustível, pode ser um grande atrativo para outros sistemas na América Latina também usarem gás em suas operações?

Contreras - É claro que, enquanto o gás natural foi introduzido com sucesso em muitos outros mercados da América Latina, incluindo a Colômbia, em cidades como Medellin, Cartagena e Cali, o Transmilenio é reconhecido como um dos maiores BRTs do mundo e isso pode ser o motivo para que outros sistemas possam observar essa experiência para introduzi-la em seus serviços de transporte público. Existem muitos mitos e questões de transição como esta, mas graças à grande aliança com a Scania, estamos confiantes de que temos a melhor tecnologia de ônibus do mundo.  

Imagens - Scania e Gas Fenosa

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Gás natural no Transmilenio

Enviando Comentário Fechar :/