X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!


Volvo - Líder Mundial em Segurança

Fretamento elétrico

Por Antonio Ferro dia em Notícias

Fretamento elétrico
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Com carroçaria da marca Marcopolo e chassi com tração elétrica da BYD, o veículo é operado diariamente pela empresa Gertaxi, que realiza o transporte dos funcionários até a usina termelétrica de Pecém

A companhia EDP, atuando na área de geração hidrelétrica, além de transmissão, comercialização e serviços de energia, investiu recentemente em um ônibus, com características rodoviárias, tracionado por um motor elétrico, para o transporte de seus funcionários da usina termelétrica localizada no complexo portuário de Pecém, Ceará. São 70 km entre Fortaleza e São Gonçalo do Amarante, feitos agora por um modelo limpo de mobilidade.

Além da tração alternativa ao diesel, outro detalhe chama a atenção nesse novo projeto - a energia elétrica para a recarga das baterias do veículo vem de 183 placas solares instaladas na usina. O processo de reabastecimento do ônibus se dá no intervalo das viagens. "A EDP tem como objetivo liderar a transição energética no País, e a mobilidade elétrica vem sendo uma área que tem recebido atenção especial da Companhia. O ônibus elétrico solar é uma inovação que mostra o potencial dessa solução sustentável para o transporte urbano e rodoviário de massa", disse Cayo Moraes, gestor executivo de operação na EDP Brasil.

Com carroçaria da marca Marcopolo e chassi com tração elétrica da BYD, o veículo é operado diariamente pela empresa Gertaxi, que realiza o transporte dos funcionários até a usina. Antes de iniciar os testes, as empresas envolvidas no projeto promoveram treinamentos a fim de capacitar motoristas quanto ao sistema do veículo e características específicas, como distribuição da carga de energia elétrica.

Em prosseguimento ao uso do novo ônibus, haverá uma segunda fase, da qual serão instaladas no teto do veículo células capazes de gerar energia elétrica a partir da luz do sol. Elas serão testadas nas condições climáticas existentes no Nordeste com a finalidade de abastecer parte do consumo dos serviços no interior do ônibus, como o carregamento de celular e outros periféricos tecnológicos. A EDP investiu mais de R$ 10 milhões nesse projeto.

Imagem - Divulgação

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Fretamento elétrico

Enviando Comentário Fechar :/