X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!


Volvo - Líder Mundial em Segurança

Expansão de mercado

Por Antonio Ferro dia em Notícias

Expansão de mercado
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

De acordo com estimativas da CIBiogás, há um potencial de aproximadamente 800 milhões de Nm³ de biogás por ano, com 69% deste volume proveniente da pecuária de suínos, bovinos e aves, em Santa Catarina

O biometano é um biocombustível gasoso obtido a partir do refino do biogás, este produzido pela decomposição por microrganismos em ambiente sem oxigênio de material orgânico. Suas fontes são: biodegradação de dejetos da criação de animais; esgotos sanitários; resíduos sólidos urbanos; e efluentes industriais. O seu uso, em maior escala, nos veículos automotores pode proporcionar um ambiente urbano mais limpo, livre das emissões poluentes.

Pensando nisso, a SCGÁS, Companhia de Gás de Santa Catarina, firmou um termo de cooperação com o Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás, o CIBiogás, para encontrar oportunidades de aplicar projetos para uso do biometano (biocombustível gasoso obtido a partir do processamento do biogás) em Santa Catarina. O CIBiogás tem exemplos de aplicação de modelos de negócios com biogás e biometano em outros estados: um deles fica no complexo da Itaipu Binacional, onde o biometano gerado a partir de resíduos de restaurantes abastece uma frota de 40 veículos.

O biogás é composto principalmente de metano e dióxido de carbono e após o refino pode atingir concentrações maiores do que 90% de metano e no máximo 3% de CO2. De acordo com a Resolução ANP Nº 8 de 2015, o biometano será tratado de forma análoga ao gás natural e quando usado no setor de transportes, o produtor tem direito à emissão de Créditos de Descarbonização (CIBIOS) pela RenovaBio, a Política Nacional de Biocombustíveis.

De acordo com estimativas da CIBiogás, há um potencial de aproximadamente 800 milhões de Nm³ de biogás por ano, com 69% deste volume proveniente da pecuária de suínos, bovinos e aves, em Santa Catarina. Se todo o biogás do estado fosse utilizado para produção de biometano, seria possível incrementar à rede de distribuição de gás canalizado cerca de 400 milhões Nm³, volume que corresponde a aproximadamente 60% do distribuído pela SCGÁS em 2019. "Nosso principal objetivo é cooperar com a companhia no sentido de definir estratégias para ampliar o uso do biometano no estado de Santa Catarina. Esperamos analisar diversas possibilidades de produção e uso do biometano alinhado à realidade catarinense, focado em atendimentos regionais. O termo permitirá a execução deste trabalho ombro a ombro entre nosso times", disse Felipe Souza Marques, diretor de desenvolvimento tecnológico do CIBiogás.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Expansão de mercado

Enviando Comentário Fechar :/