X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Combate às fraudes

Por Antonio Ferro dia em Conexão Mobilidade

Combate às fraudes
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Ao detectar divergências, no qual identifica que as imagens não coincidem, o sistema bloqueia temporariamente o cartão. E, se confirmada a irregularidade, o benefício é suspenso.

A cidade de São Bernardo do Campo, localizada no ABC paulista, ganhou recentemente o sistema de reconhecimento de biometria facial em 200 ônibus da operadora SBC Trans. O objetivo é ampliar a segurança, diminuir o tempo de embarque e facilitar o acesso dos passageiros. De acordo com Milena Romano Braga, diretora-executiva da SBC Trans, a biometria facial é um moderno recurso disponível na tecnologia da informação, que pode identificar pessoas a partir das suas características genéticas. “Nos testes de campo realizados o serviço mostrou-se eficiente e prático. Assim como fizemos com o lançamento do inédito aplicativo Partiu SBC, é importante introduzir modernizações que proporcionem conforto, segurança e confiabilidade para os passageiros”, disse.

O beneficiário dos cartões, ao se cadastrar, tira fotos e preenche uma ficha com informações que ficam armazenadas no cartão individual de cada pessoa. E, segundo a transportadora, o cartão de transporte facilita e torna mais ágil o acesso do usuário nos ônibus que operam nas linhas da SBCTrans. Câmeras instaladas junto dos validadores captam as imagens do rosto de quem passa pela catraca. Por meio de um software, elas são comparadas com as fotos cadastradas no banco de dados do sistema e armazenadas no chip do cartão. “Como o conjunto de medições do rosto é único para cada pessoa, a precisão do reconhecimento facial é sempre muito alta, normalmente muito perto dos 100%. A pessoa é identificada, independentemente do corte de cabelo e do uso ou não de óculos”, observou Milena.

Ao detectar divergências, no qual identifica que as imagens não coincidem, o sistema bloqueia temporariamente o cartão. E, se confirmada a irregularidade, o benefício é suspenso. A SBC Trans informa que, para o cliente não ser lesado nesses casos de divergências, é aberto um processo administrativo para que seja esclarecido o ocorrido.

Imagem - Divulgação

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Combate às fraudes

Enviando Comentário Fechar :/