Curitiba renovará sua frota de biarticulados

Os primeiros ônibus da tão esperada renovação do sistema de transporte urbano de Curitiba, PR, estão encomendados. 25 unidades do chassi biarticulado Volvo Gran Artic foram adquiridas pelas operadoras de ônibus da cidade. Em nota, a montadora destaca que seu maior modelo tem presença destacada no sistema de transporte de Curitiba.

A versão biarticulada foi inventada pela Volvo especialmente para atender uma demanda da cidade, nos anos 90. Desde então, ela se especializou neste tipo de veículo, conquistando liderança absoluta neste mercado com uma tecnologia única de motor central, que traz capacidade e conforto superiores. Em toda a América Latina operam 700 unidades, sendo 100% da marca.

O chassi B340M Gran Artic é o destaque comercial, sendo considerado a última geração de veículos da marca, com avançadas tecnologias de segurança e conforto. “O motor, o comportamento dinâmico no rodar e a eletrônica embarcada estão muito melhores nesta nova versão. Os passageiros e motoristas vão sentir a diferença.”, enfatizou Gilberto Vardânega, diretor comercial de ônibus da Volvo no Brasil. A configuração do veículo para Curitiba tem 28 metros de comprimento, com capacidade para 270 passageiros. Caso seja necessária, a montadora ainda tem uma versão com 30 metros e capacidade de 300 passageiros.

Outro destaque ficará por conta das novas carroçarias que serão utilizadas nos novos veículos, com novo design externo e melhorias no espaço interno, iluminação, portas, entre outras características. “Nossos veículos permitem aproveitamento total do espaço interno para transportar mais pessoas. Além disso, com o motor central o motorista não fica exposto diretamente a ruído e calor, que são um problema em veículos com motor grande como os biarticulados. O motor central é uma configuração que só a Volvo tem e que nos permitiu conquistar a confiança de todos os mercados que operam biarticulados na América Latina e em outros continentes”, assegurou Fabiano Todeschini, presidente da Volvo Buses Latin America.

Os novos ônibus foram financiados pela Volvo Financial Services, braço financeiro da marca.

Imagem – Divulgação