Consultoria a favor da redução do consumo de combustível

O projeto ainda é piloto, mas já dá mostra que pode render positivamente. O programa de consultoria para redução de consumo de combustível é o mais novo integrante do pacote de serviços conectados da Volvo Bus Latin America oferecido para seus clientes urbanos e rodoviários. Desenvolvida em conjunto com a rede de concessionários da marca, sua nova consultoria é realizada por um técnico especialista da concessionária com suporte da fábrica. É um trabalho que consiste em coletar dados da operação para transformá-los em informação, com avaliação e acompanhamento diretos. Com base nessas informações é definido e entregue ao cliente um plano com sugestões de ações para redução do consumo de combustível.

A solução customizada, modelada por um projeto que envolve a própria Volvo Bus LA, sua concessionária Dipesul e a operadora de transporte urbano VISATE (Viação Santa Tereza), de Caxias do Sul, chega para agregar valor, aumentar a disponibilidade do veículo, melhorar a condução e otimizar o consumo de combustível. “Um dos principais pontos trabalhados no plano de ação com a operadora foi os relatórios com informações customizadas para atuação direta nos pontos de melhoria de cada motorista, tratadas durante o treinamento aplicado no cliente. O estilo de condução influencia diretamente no consumo e na performance operacional do veículo”, observou Alexandre Vargha, líder do projeto.

Para a transportadora, os resultados alcançados nesse começo de projeto foram muito positivos. A referida consultoria detectou ineficiências que causavam prejuízos operacionais. Com isso foi possível melhorar o consumo de combustível e reduzir em cerca de 60% os eventos negativos ocorridos por hora, como freadas bruscas, excesso de velocidade e motor ligado sem necessidade. Foi possível alcançar nesse período de avaliação uma economia de 7% no consumo de diesel e de 9% nos custos da operação. “Essa tecnologia, serviço disponibilizado pela Volvo, nos ajuda a ser mais eficiência na administração do negócio e também a melhorar a qualidade do transporte coletivo e a qualidade de vida das pessoas”, afirmou Fernando Ribeiro, diretor superintendente da VISATE.

Mais detalhes sobre o assunto poderão ser conferidos na próxima edição da revista AutoBus, ainda neste mês de outubro.

Imagem – Divulgação