Pura nostalgia

Os vovôs da atual geração brasileira de ônibus nunca estiveram tão reluzentes quanto na 3ª edição do Encontro da Confraria do Ônibus, evento mineiro realizado há poucos dias na cidade de Pará de Minas. Quem participou dessa mostra pode conhecer um pouquinho da história do transporte rodoviário de passageiros realizado no Brasil ao longo de mais de sete décadas. A admiração do público, a conversa animada e a sensação de alegria de quem expôs seu veículo era o sentimento mais visível de todos os presentes.

O capricho, o cuidado com os detalhes e a história envolvendo cada modelo foram os aspectos mais enfatizados por seus proprietários, que por anos e anos desafiaram a tarefa de proporcionar um melhor transporte para a população mineira. Não faltaram garra e determinação, como por exemplo, ao Julio Cesar Diniz, proprietário da operadora Rouxinol Viagens e Turismo Ltda, que tornou evidente seu esmero com três ônibus antigos, por sinal, muito bem conservados.

A nostalgia bateu forte no encontro, proporcionando o conhecimento de mais um capítulo na história do ônibus brasileiro. Afinal, 25 ônibus “vovôs” não deixam a mínima dúvida de que o passado pode ser contado de uma maneira bem especial por quem o viveu.

A Confraria do Ônibus que levar sua exposição para uma cidade diferente a cada ano, começando pela região Centro-Oeste de Minas – difundindo a cultura do antigomobilismo, a cultura e história do transporte. A edição de número 43 da revista AutoBus trará uma matéria especial do evento, com muitas fotos dos veículos.

Imagem – Revista AutoBus